Skip to content

Avançando na segurança de e-mails: Gmail e BIMI

Tópicos do Artigo

Avançando na segurança de e-mails: Gmail e BIMI

Objetivo: esclarecer futuras alterações anunciadas pelo Google sobre o BIMI.

 

A Google anunciou no último dia 12/07/2021 o suporte às configurações BIMI, um segmento de negócio voltado para a adoção de medidas de configurações de segurança mais rígidas que as atuais para todo o ecossistema de envios de e-mail.

As configurações BIMI funcionam como uma “prova de legitimidade” para quem recebe os e-mails e para os sistemas de segurança de seus provedores, aumentando a confiança no remetente desses envios e permitindo que você crie uma experiência exclusiva e mais imersiva para toda sua audiência.

“Quando configurado corretamente, os registros BIMI alteram a imagem de miniatura do seu envio no Gmail, fazendo com que a audiência identifique sua logo mais facilmente.”

 

 

O BIMI permite a todos que utilizam as configurações DMARC (uma configuração que por padrão já é bem rígida e permite aos sistemas um melhor controle, separando mensagens legítimas de possíveis tentativas de spam) a validação da propriedade de sua logo e a veiculação dela através do Google com segurança. O BIMI foi criado para ser fácil: organizações com o DMARC devidamente configurado vão exibir a logo de sua marca nos e-mails enviados através de seus domínios ou subdomínios.

 

O que é o registro BIMI?

Na tradução literal são “Indicadores de marca para identificação de mensagens” ou, na sigla em inglês, BIMI. É uma característica de customização de e-mail que vem crescendo em popularidade nos últimos anos, ela permite que a logo da sua marca apareça no recebimento de e-mails dos provedores que tiverem suporte a essa função. Esse registro funciona em conjunto com o registro DMARC, fazendo com que sua logo apareça na caixa de entrada da sua audiência.

 

Como funciona?

Todos que realizaram as configurações de SPF, DKIM e DMARC corretamente podem fornecer sua logo ao Google através de um Certificado de Marca Verificada (VMC). O BIMI faz uso de autoridades de verificação de marca, como autoridades de certificação, para aferir a propriedade do logotipo e fornecer uma “prova de certificação” em um VMC. Assim que esses e-mails autenticados passam pelos filtros de averiguação anti-spam o Gmail começa a exibir a logo no lugar do avatar do e-mail.

 

Apenas o começo

A iniciativa da Google espera expandir o suporte para todos os formatos e validadores.
Atualmente, a Entrust e a DigiCert indicam o BIMI como uma autoridade de certificação e, em um futuro não muito distante, os grupos BIMI pretendem expandir essa lista, ganhando mais confiança como um órgão de validação confiável. Para mais informações sobre o grupo BIMI, visite o website da organização.

 

Conclusão

Para desfrutar das vantagens das configurações BIMI, garanta que sua organização mantenha as configurações de DMARC autenticadas e tenha sua logo validada através de um VMC.

Diversos testes de implementação ainda estão sendo realizados, visto que a função é relativamente nova e exige, além de conhecimento em zonas DNS para alteração das entradas, alguma experiência com arquivos de propriedade SVG (vetorial) e edição HTML das mesmas para alteração de versão.

Existe um guia de implementação no site oficial do grupo (em inglês).

 

Fontes:

Advancing email security for Gmail and beyond with BIMI – Google
BIMI Group Website – BIMI

 

 

  É isso, terminamos por aqui!
com amor ❤
equipe leadlovers™

Compartilhe!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Artigos relacionados

Deixe seu comentário

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *