Central de Ajuda

Search
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in comments
Search in excerpt
Filter by Custom Post Type

Boas práticas de envio de e-mail e a lei CAN-SPAM Act.

 In Contas de e-mail, Sem categoria

CAN-SPAM Act (uma abreviação de Controlling the Assault of Non-Solicited Pornography and Marketing Act) trata-se de uma lei criada para reduzir o número de envios de e-mails classificados como “indesejáveis” pelos receptores.
A lei aprovada pelo antigo presidente dos EUA, George W. Bush*, visa criar alguns padrões de filtros para que os provedores possam proteger seus usuários e seus próprios sistemas dos malefícios do spam. Como a maioria dos provedores são norte-americanos* a lei se aplica basicamente a todos os usuários “receptivos e ativos” (os que recebem e enviam emails para os mesmos).

Esse artigo tem a intenção de te ajudar a se adequar aos padrões de alguns dos filtros dos provedores de recebimento de acordo com essa lei com algumas dicas baseadas na mesma*.

 

1)Não use informações de cabeçalho falsas ou enganosas.

Suas informações de “De”, “Para”, “Responder a” e de roteamento – incluindo o nome de domínio de origem e o endereço de e-mail – devem ser precisas e identificar a pessoa ou empresa que iniciou a mensagem.
Em outras palavras, a recomendação é que sempre o domínio e o email remetente tenham nomes referentes ao seu produto/empresa.

 

2)Não use linhas de assunto enganosas.

A linha de assunto deve refletir com precisão o conteúdo da mensagem.
A sugestão é que o assunto seja sempre claro e objetivo, respeitando os critérios de boas práticas de envio e não utilizando palavras que podem ser identificadas spam nos filtros dos provedores, como as citadas nesse artigo:

7 Formas de evitar que seu e-mail caia em spam

 

3)Identifique a mensagem como um anúncio.

Você deve divulgar clara e visivelmente que sua mensagem é um anúncio. Em alguns provedores (como o gmail) há uma chance do seu email ser encaminhado pra caixa de “promoções”, que corresponde a filtros internos do provedor.

 

4)Diga aos destinatários onde você está localizado.

Sua mensagem deve incluir seu endereço postal físico válido. Este pode ser o seu endereço atual, uma caixa de correio que você registrou no Serviço Postal ou uma caixa de correio particular que você registrou em uma agência de recebimento de e-mail comercial.
Por padrão nosso sistema tem uma tag *|ProjEndeFisi|* nos rodapés do e-mail, ela puxa o endereço inserido na conta de e-mail que você cadastrou pros envios.

 

5)Diga aos destinatários como optar por não receber futuros e-mails seus(opt-out ou unsubscribe).

Sua mensagem deve incluir uma explicação clara e conspícua sobre como o destinatário pode optar por não receber mais e-mails seus no futuro. Crie o aviso de uma maneira que seja fácil para uma pessoa comum reconhecer, ler e entender. O uso criativo do tamanho, cor e localização do tipo pode melhorar a clareza. Forneça um endereço de e-mail de retorno ou outro meio fácil baseado na Internet para permitir que as pessoas comuniquem sua escolha a você. Você deve incluir a opção de interromper todas as suas mensagens comerciais (unsubscribe).

 

6)Aceite prontamente pedidos de exclusão.

Qualquer mecanismo de desativação oferecido por você deve ser capaz de processar solicitações de desativação por pelo menos 30 dias após o envio da sua mensagem. Você deve honrar a solicitação de desativação de um destinatário no prazo de 10 dias úteis, no caso da LeadLovers esse processo é imediato, porém um unsubscribe de uma sequência de emails não impede que esse mesmo lead receba e-mails de outras máquinas em que ele possa estar. Você não pode cobrar nenhuma taxa, exigir que o destinatário lhe forneça informações de identificação pessoal além de um endereço de e-mail ou faça o destinatário tomar qualquer providência além de enviar um e-mail de resposta ou visitar uma única página em um site da Internet como condição para honrar um pedido de exclusão. Quando as pessoas disserem que não querem receber mais mensagens suas, você não poderá vender nem transferir seus endereços de e-mail, mesmo na forma de uma lista de e-mails.

 

7)Monitore o que os outros estão fazendo em seu nome.

A lei deixa claro que mesmo que você contrate outra empresa para lidar com o seu email marketing, você não pode contratar sua responsabilidade legal para cumprir a lei. Tanto a empresa cujo produto é promovido na mensagem quanto a empresa que realmente envia a mensagem podem ser consideradas legalmente responsáveis.

 

*Lei aprovada em 16 de dezembro de 2003 (https://en.wikipedia.org/wiki/CAN-SPAM_Act_of_2003)
*Existem provedores grandes com servidores brasileiros como BOL Mail(BR), Locaweb(BR), Gmail(BR), Yahoo(BR) e Outlook(BR) entre outros, entretanto presume-se que todos são baseados nos mesmos “filtros base” que a lei sugere.
*Os provedores tem outros filtros particulares não divulgados baseados nas informações adquiridas ao longo do tempo, as dicas acima são medidas preventivas à classificação como spam.

Fontes:
Federal Trade Comission
(https://www.ftc.gov/tips-advice/business-center/guidance/can-spam-act-compliance-guide-business)
Jus.com.br
(https://jus.com.br/artigos/5255/o-can-spam-act)
Wikipedia
(https://en.wikipedia.org/wiki/CAN-SPAM_Act_of_2003)